Voltar

Acervo revela Contos e Cantos do Violão em São Paulo

Postado em Lives de Violão em 21/06/2024

Acervo revela Contos e Cantos do Violão em São Paulo - Foto: Flávia Prando

(Flávia Prando)

Por Elcylene Leocádio

Com o lançamento do projeto Contos e Cantos do Violão em São Paulo (ProAc/2023), o Acervo Digital do Violão Brasileiro traz a público parte da riqueza da cultura violonística do estado e inicia as comemorações de 10 anos de atividades. No sábado (29/06), às 17h, ocorrerá a primeira live-entrevista do projeto, com Flávia Prando, sobre os Pioneiros do Violão em São Paulo. Flávia é doutora no assunto, tendo estudado profundamente os compositores paulistas do final do século XIX e início do século XX.

CLIQUE E SE PROGRAME PARA ASSISTIR

Também estarão presentes, a violonista e professora Paola Picherzky, especialista em Armando Neves e Ivan Paschoito, que tem feito um grande trabalho de edição e publicação de partituras desses compositores. O produtor Alessandro Soares e o violonista e professor Thiago Abdalla mediam a entrevista. A transmissão será pelo Youtube do Acervo.

São Paulo é um estado de muita tradição no ensino do violão, berço de grandes violonistas, compositores e luthiers. Cerca de 30% dos acessos diários ao Acervo são de pessoas que residem no estado, mostrando o interesse do público local pelo instrumento. O projeto Contos e Cantos do Violão em São Paulo procura responder a este interesse, tomando por objeto a música para violão produzida por compositores e intérpretes, homens e mulheres, nascidos ou residentes em São Paulo.

Acervo revela Contos e Cantos do Violão em São Paulo

Os conteúdos produzidos, baseados em pesquisas acadêmicas e jornalísticas, serão publicados no site e nas mídias sociais do Acervo entre junho e outubro de 2024. Os formatos incluem: lives, aulas e palestras, textos, trabalhos científicos, minibiografias, revistas históricas e capas de discos digitalizados e documentos sonoros, entre outros.

O recorte para esta produção abrange diversas gerações: pioneiros, solistas de violão e compositores nascidos no final do século XIX; violonistas que nasceram nas três primeiras décadas do século XX e contemporâneos nascidos entre os anos 1940 e 1950. Abarca a música clássica, o choro, a bossa nova, o jazz e a música de vanguarda. E ainda períodos históricos marcados por mudanças importantes na forma como o mercado levava ao público a obra dos artistas: a era dos discos em 78 rotações (décadas de 1900 e 1950); a era do rádio (anos 1920 aos 1960) e a era dos LPs (até os anos 1980).

Acervo revela Contos e Cantos do Violão em São Paulo

O trabalho também incorpora informações da chamada Escola Paulista (anos 1950), com Camargo Guarnieri tornando-se um dos principais professores de composição no país; o movimento do Clube do Choro de São Paulo nos anos 1970 e dos Festivais de Jazz realizados na capital paulista nos anos 1980 e 1990.

Seu objetivo principal é divulgar, disponibilizar e facilitar o acesso às histórias, biografias e obras de compositores e intérpretes. Entre eles(as) figuram personagens como Almeida Prado (1943-2010) Atílio Bernardini (1888-1975); Camargo Guarnieri (1907-1993); João Avelino de Camargo (1880-1936); José Alves da Silva (Aymoré) (1908-1979); Laurindo Almeida (1917-1995); Lina Pires de Campos (1918-2003); Luizinho 7 Cordas (1946); Maria Lívia São Marcos (1942) Mário Amaral (1895-1926); Nestor Campos (1920-1993); Renata Montanari (1962-2021); Ronoel Simões (1919-2010).

Acervo revela Contos e Cantos do Violão em São Paulo

Colaboram com este trabalho professores, pesquisadores e violonistas como Gilson Antunes, Guilherme Lamas, Jorge Mello, Jefferson Mota, João Luís Rezende, Fábio Scarduelli, Fábio Bartoloni, Flávia Prando, Ivan Paschoito, Paola Pichersky, Paulo Bellinati, Thais Nascimento, Thiago Abdalla, Vera Andrade.

O material produzido ao longo deste ano de trabalho será disponibilizado ao público por meio do Acervo Violão Brasileiro, site de acesso fácil e gratuito a todas as pessoas interessadas na cultura violonística do Brasil.

Acervo revela Contos e Cantos do Violão em São Paulo

Ajude a preservar a memória da nossa cultura e a riqueza da música brasileira. Faça aqui sua doação.