Doações

O Acervo Digital do Violão Brasileiro é um projeto coletivo

No Brasil, o violão é parte do melhor da nossa cultura. Ele tem na música um lugar semelhante ao futebol nos esportes. Está nas casas mais simples e nas melhores salas de concerto. O Acervo Digital do Violão Brasileiro foi criado com o propósito de facilitar o acesso do público à história e à obra de nossos craques, pioneiros e contemporâneos, promover encontros e fomentar a produção violonística no país.

Este Acervo é de natureza pública, embora não tenha suporte institucional público ou mesmo privado. Para mantê-lo vivo e pulsante adotamos diversas estratégias de captação de recursos para pagar as despesas, que aumentam à medida que o portal se torna mais robusto. Uma delas é o financiamento coletivo.

Hoje, as doações ao Acervo cobrem cerca de 10% das despesas regulares com estrutura, serviços e equipe. Por isso, precisamos ampliar nossa base de apoio para continuarmos o trabalho em curso e para realizarmos novos projetos. Que tal juntar-se a nós?

Atualmente recebemos doações mensais de 20, 50, 100, 200, 250 reais e doações anuais de maior valor.  Para contribuir, fale conosco ou faça sua doação em uma das contas abaixo.

contatos@violaobrasileiro.com.br

Produções do Tempo - Eventos e Publicações Ltda.

CNPJ: 03.384.792/0001-33. Banco Itaú. Agência: 0152. Conta corrente: 18537-7.

Alessandro Ferreira Soares (diretor do Acervo)

CPF 688.317.814- 72. Banco do Brasil. Agência 1503-2. Conta: 7696-1.

 

 

POR QUE APOIO ESTE ACERVO?

“O Acervo do Violão Brasileiro veio para ficar! Veio para apoiar, unir e divulgar todas as correntes do violão brasileiro. Sou imensamente grata a Alessandro Soares e sua equipe pela criação deste espaço e pela amorosa dedicação”.

Maria Haro (Violonista e professora da UNIRIO, Rio de Janeiro) 

"Considero o Acervo Digital do Violão Brasileiro uma espécie de guardião do nosso patrimônio histórico e artístico; um fomentador de projetos, intercâmbios, preservação, difusão e valorização da produção violonística no Brasil. Apoiá-lo é indispensável à institucionalização e subsistência dessa multifacetária identidade nacional".

Carlos Walter, violonista e compositor. Belo Horizonte/MG

Aos colaboradores e colaboradoras, nosso caloroso agradecimento

Allan Monteiro, Airton Soares, Alice Mendes, Amaro Leocádio Vieira Neto, Ana Bosch, André Siqueira, André Soares, Ângela Freitas, Auristela Maciel Lins, Bruno César, Bruno Soares, Camila Montarroyos, Carlos Gomide, Carlos Valter, Carol Vilaça, Cleyton Fernandes, Conrado Paulino, Cris Braun, Daíla Nina Freire, Darlan de Araújo Leocádio, Denner Mattar, Eliezer Lobo, Fábio Victor, Fabíola Simões, Flávia Prando, Francisco Setúval, Geraldo Couto, Gilson Antunes, Gilson Macedo, Guilherme Almeida, Gustavo Costa, Helder Souza, Lourdes Lima, Luca Leocádio, Luciano Normande, Luiz Alberto Tibana, Maria de Fátima Militão, Maria Haro, Marcelo Soares, Mauro di Deus, Murilo Ribeiro, Max Riccio, Jefrey Andrade, Paulo Marcondes, Pedro Gabriel, Pedro Lima, Penha Nery, Regine Bandler, Ricardo Lins, Ronaldo Bispo, Rodrigo Kulpa, Ronan Figueiredo, Salomão Habib, Stan Costa, Tabajara Belo, Vinicius Hipólito, Waldir Jr., Waldinar Santos.