Voltar

6º Festival de Violão de Teresina ressalta talentos piauienses

Postado em Festival de Teresina em 09/02/2024

(Lula Galvão)

Por Alessandro Soares

Sim! Vai ter Festival de Violão de Teresina em fevereiro. Esta 6ª edição será focada nos talentos da terra. Craques como os violonistas e compositores Josué Costa, Felipe Vilarinho, Wellington Torres e Dam Bezerra estão mudando a história do violão no Piauí, após o pioneirismo de Erisvaldo Borges. Tem ainda Cristiano Braga (virtuose e professor mineiro que reside na região) e mais a Orquestra de Violões de Teresina (OVT). São eles que vão integrar a programação de recitais e workshops. Uma das atrações de fora do Piauí é o violonista e arranjador brasiliense Lula Galvão, um dos maiores improvisadores e arranjadores da música brasileira.

O evento ocorre entre 22 e 25 de fevereiro (quinta a domingo). Em paralelo aos shows e oficinas, vai ter o Concurso de Violão de Teresina, que oferece R$ 15 mil em prêmios. Toda a programação será realizada no Auditório do Palácio da Música de Teresina (Rua Santa Luzia, n. 1241, Centro Sul de Teresina). A entrada é franca para todas as atividades.

O primeiro dia do Festival, na quinta-feira (22/02), começa às 19h com a cerimônia de abertura. Em seguida, às 19h30, ocorrerá o recital de Felipe Vilarinho e, às 20h30, é a vez da Orquestra de Violões de Teresina. Músico, violonista, professor, compositor e arranjador, Vilarinho é autor de 40 peças para violão e outras formações. E já assinou centenas de arranjos para duos, trios e quartetos de violão. Por muito anos foi regente da Orquestra de Violões de Teresina. Em 2017 lançou seu primeiro disco, Noturno e Silencioso. Atualmente, ele está produzindo o segundo disco.

A Orquestra de Violões de Teresina é formada por Damião Bezerra, Ravi Cordêiro, Sorane Costa, Josué Costa, Wellington Torres, Luciano Santos, Silvana Lys, Jefferson Brito, José Brandão, Victor Anselmo e Lucas Oliveira. No repertório do grupo há uma mistura de composições clássicas e populares de vários períodos e estilos: de Stravinsky a Baden Powell, de Bach a Tom Jobim, a maioria tocadas com arranjos próprios e de compositores renomados do meio violonístico.

(Josué Costa)

Criada em 2007, a Orquestra de Violões de Teresina oferece gratuitamente à comunidade aulas de musicalização, com conteúdo de teoria e percepção musical, apreciação musical e prática instrumental do violão. O projeto contribui também para o desenvolvimento e formação cultural dos alunos e para a melhoria de seus desempenhos escolares por meio da música.

A programação do segundo dia de atividades, na sexta-feira (23/02), já começa pela manhã (8h), com a semifinal do V Concurso de Violões de Teresina. Às 14h, Felipe Vilarinho inaugura o ciclo pedagógico do festival com uma masterclass. A noite fica reservada para os concertos de Dam Bezerra, às 19h, e Wellington Torres. Dam Bezerra é violonista, professor de violão popular e erudito, compositor e produtor musical. De agosto de 2000 a setembro de 2018, ele atuou como professor de violão (Projeto Música Para Todos). Em 2016 fez intercâmbio cultural na Espanha, coordenando um grupo de alunos do Projeto Música Para Todos. E, na ocasião, fez recitais e participou de aulas de música na Facultad de Ciencias de la Educacion em Granada. Desde de 2018, faz parte da direção artística do Festival de Violão de Teresina.

INSCRIÇÕES ATÉ 15 DE FEVEREIRO. CLIQUE AQUI 

Wellington Torres é um dos violonistas mais atuantes do Piauí, com 20 anos de carreira. Compositor, arranjador, produtor musical, violonista e professor, é formado em Educação Artística com habilitação em música pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e mestrando em música na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Já tocou na Orquestra Sinfônica de Teresina e em grupos como, Ensaio Vocal, Ockteto, Caravana Três e Quarteto BMW2. Em 2019 lançou o seu primeiro CD, A Voz do Violão, pelo qual buscou registrar e homenagear os grandes compositores e violonistas piauienses. Em 2020 gravou o DVD, CD e documentário, integrando a orquestra de violões de Teresina. Atualmente é diretor musical da Orquestra de Violões de Teresina (OVT).

O terceiro dia do Festival de Violão de Teresina, no sábado (24/02), tem início com a continuidade da semifinal do Concurso, também a partir das 8h. Em seguida, às 14h, é a vez da oficina sobre harmonia e improvisação, com Lula Galvão. E à noite, a partir das 19h, Cristiano Braga se apresenta, seguido pelo concerto de Josué Costa.

(Cristiano Braga)

Natural de Belo Horizonte, Cristiano Braga é professor da Universidade Federal do Maranhão. É doutor em música/performance pela UFMG, mestre em música/práticas interpretativas/violão na UFRGS, bacharel em violão e licenciado em música pela UFMG. Desenvolve pesquisa na área de performance e educação musical. Como concertista, atuou nas principais salas de concerto do Brasil. Já realizou recitais na Alemanha, Portugal e França, tendo participado como concertista, professor e membro do júri do II Festival International de Guitare en Bearn. É idealizador e diretor artístico do Festival de Violão da UFMA e curador do concurso de violão do Festival de Violão de Teresina. Atualmente está fazendo pós-doutorado na UFMG.

Josué Costa é violonista, arranjador, compositor, professor de violão, diretor musical e foi violonista âncora, por 10 anos, em programa semanal apresentado pelo professor Cineas Santos e intitulado “Feito em Casa” da TV local “Cidade Verde” de Teresina, Piauí. Atualmente, é diretor musical e organizador do Festival de Violão de Teresina, além de ser professor de violão e atuar com seu projeto solo em festivais, prêmios e concertos. Ademais, está engajado em divulgar seus últimos trabalhos o seu CD “Luando”, o Curso de Violão “Josué Costa” online - com partituras e passo a passo de como tocar suas músicas autorais - e o seu DVD “Em Circuito”, este último, em formato de trio (violão, baixo e bateria), onde seu lançamento foi realizado no início de 2018.

(Wellington Torres)

O último dia do festival, no domingo (25/02), começa com a final do Concurso de Violões de Teresina, às 8h. De tarde dessa vez teremos duas masterclass: às 14h com Antônio Luthier e às 16h com Wellington Torres. E o concerto de encerramento é de Lula Galvão às 20h.

Lula Galvão é um dos mais cultuados violonistas da música brasileira. Em 40 anos de carreira, já participou de mais de 600 gravações, em cerca de 150 discos, incluindo oito álbuns com parceiros e três CDs solo. O trabalho Lula Galvão é mais conhecido pelos duetos que fez com a cantora Rosa Passos, com o compositor Guinga e como integrante do Jaques Morelenbaum Cello Samba Trio. Recentemente se dedica também a projetos como líder, tanto em concertos solo, quanto em trio, ao lado do baterista Marcio Bahia e do contrabaixista Rodrigo Villa.

Vale lembrar que além dos shows e masterclasses, o VI Festival de Violão de Teresina também abriga o V Concurso de Violões de Teresina. As inscrições deste ano estão abertas até o dia 15 de fevereiro. A premiação totaliza R$ 15 mil em dinheiro, além de participação em recitais. O grande vencedor receberá R$ 10 mil, mais a participação no VII Festival de Violão de Teresina, que deverá ocorrer até o final deste ano, incluídas as despesas com hospedagem, passagens aéreas, alimentação e cachê, com valor a ser definido pela coordenação do Festival. O segundo e o terceiro colocados do concurso ganharão R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente. Poderá ser concedido Menção Honrosa, a critério da banca julgadora e da direção do festival.

Para o coordenador do Festival de Teresina, Ravi Cordeiro, a edição deste ano também foi pensada para uma programação com foco nos artistas regionais. “Estamos trabalhando numa edição com programação de violonistas majoritariamente do Piauí, de violonistas de altíssimo nível, como é o caso de Josué Costa. E estamos trazendo o violonista e guitarrista Lula Galvão, que é referência internacional no no meio jazzístico e da improvisação”, afirmou em depoimento ao Acervo.

O Festival e Concurso de Violão de Teresina são realizados pelo apoio da Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC).

Serviço

VI Festival de Violão de Teresina
Data: 22 a 25 de fevereiro de 2024
Local: Auditório do Palácio da Música de Teresina, Rua Santa Luzia, n. 1241, Centro Sul de Teresina, no Piauí
Entrada Franca

 

Programação:

22/02 – Quinta-feira

19h: Cerimônia de Abertura

19h30: Felipe Vilarinho

20h30: Orquestra de Violões de Teresina

23/02 – Sexta-feira

8h-12h: Concurso

14h-16h: Masterclass com Felipe Vilarinho

19h: Dam Bezerra

20h: Wellington Torres

 

24/02 – Sábado

8h-12h: Concurso

14h-16h: Masterclass com Lula Galvão

19h: Cristiano Braga

20h: Josué Costa

 

25/02 – Domingo

8h-12h: Concurso

14h-16h: Antônio (Luthier)

16h-18h: Masterclass com Wellington Torres

20h: Concerto de encerramento com Lula Galvão

Ajude a preservar a memória da nossa cultura e a riqueza da música brasileira. Faça aqui sua doação.