Brasil-Guitar-Duo

Brasil Guitar Duo

João Luiz Rezende e Douglas Lora formam este que é dos mais importantes duos de violões pós-duo Assad

por GILSON ANTUNES

Formado por João Luiz Rezende Lopes – Douglas Lora, o Brasil Guitar Duo é, juntamente com o Duo Siqueira Lima, o mais importante duo de violões brasileiro pós-duo Assad. Com trabalho versado tanto na música clássica quanto na música popular, apresentando um apuro técnico impressionante, o duo vem fazendo imenso sucesso em todos os locais por onde se apresenta, seja no ambiente da música clássica, seja no ambiente popular.

Tudo começou quando ambos eram alunos do professor Henrique Pinto, em São Paulo, ainda na década de 1990. As aulas de João Luiz ocorriam logo após as de Douglas Lora, e como ambos estudavam na mesma faculdade (FAAM), a tendência natural foi criarem um duo de violões para a disciplina de música de câmara, em 1997. O nome inicial do duo – e que chegou a ser utilizado em toda a primeira fase da carreira – foi duo João Luiz-Douglas Lora.

Logo se destacaram pela imensa musicalidade e técnica quase perfeita apresentadas em eventos da capital paulista, como o da Biblioteca Municipal Monteiro Lobato e a Mostra de Violão do MASP, quando já começaram a dividir espaço com alguns dos principais violonistas de São Paulo.

Mesmo após a faculdade, o duo continuou suas atividades visando um trabalho profissional de alto grau. Começaram, assim, a participar de concursos de interpretação, sendo premiados no VII Concurso Souza Lima. Em 2000, na Alemanha, foram considerados o grupo camerístico destaque do Festival Koblenz, quando tiveram aulas com Hubbert Kappel. Em seguida, ambos conseguiram bolsa de estudo para se aprimorar com Fábio Zanon no Festival de Inverno de Campos do Jordão, onde receberam o prêmio MOAD.

Um dos destaques do grupo sempre foi o repertório, que, à maneira do duo Assad (uma influência nítida), apresenta em igual medida obras clássicas e populares, incluindo obras originais de Douglas Lora, que também se formou em composição. João Luiz também apresenta constantemente sua veia composicional, como demonstra em Fantasia sobre um tema de Djavan, gravada pelo duo no CD Movimento Violão Ano III.

Em 2000 gravaram seu primeiro CD, Duo de Violões, de forma independente. No repertório, obras de Sor, Scarlati, Granados e Castelnuovo-Tedesco, além de composições de Douglas Lora e dois solos de João Luiz (Segóvia e Manuel de Falla).

Em 2004 participaram da gravação do CD em comemoração à revista Violão Intercâmbio, apresentando uma adaptação feita por João Luiz da obra Zita, de Astor Piazzolla.

Em 2006 veio a consagração: foram vencedores do prestigiado Concert Artists Guild International Competition, nos Estados Unidos, concorrendo com mais de 400 inscritos. Isso tudo, aliado a uma importante entrevista na revista brasileira Violão Pro, tornaram o duo conhecido na esfera da música clássica como um todo, e não apenas dentro do universo violonístico. Com o prêmio, o duo assinou um contrato de dois anos para recitais nos Estados Unidos, Europa e Japão, tocando em locais como o Carneggie Hall, em Nova York.

Em seguida, gravaram duas peças para a série Movimento Violão (Ano III), lançaram seu segundo CD pela CAG Records, com repertório essencialmente popular, indo de Jacob do Bandolim a Heraldo do Monte (Bom Partido) e, em seguida, para o prestigioso selo Naxos, cuja gravação da obra integral para dois violões do compositor italiano Mario Castelnuovo-Tedesco recebeu elogios da imprensa e dos violonistas. Começava, assim, de forma bem intensa, a carreira internacional do duo, que agora se intitulava Brasil Guitar Duo.

João Luiz e Douglas Lora também foram integrantes da última formação do Violão Câmara Trio, juntamente com seu professor Henrique Pinto, apresentando-se com bastante sucesso no Seminário Internacional de Violão Vital Medeiros em 2004. João Luiz fazia parte também do Quaternaglia Guitar Quartet, mas deixou o grupo para se dedicar apenas ao Brasil Guitar Duo e estudar nos Estados Unidos, seguindo os passos de Douglas Lora.

Atualmente, o Brasil Guitar Duo é figura constante em alguns importantes festivais de música, principalmente nos Estados Unidos, onde chegaram a se apresentar com Paquito D´Rivera. Entre as orquestras que se apresentaram estão a Filarmônica de Ohio, Sinfônica de Dallas, Lancaster e Houston, além da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP). Nesse festival, o duo estreou o Concerto para Dois Violões e Orquestra, de Paulo Bellinati, que, segundo o compositor, é uma obra popular, e não clássica. Dentre os principais festivais de violão no Brasil, apresentaram-se com êxito no Seminário Internacional de Violão Vital Medeiros e na série Movimento Violão.

Atualmente João Luiz é professor da Suny University, em Nova York. Douglas Lora reside no Brasil, mas ambos continuam o duo de maneira consistente, à maneira do duo Assad (com ambos violonistas residindo em países diferentes). Os dois possuem também atividades com outros grupos musicais, como o Caraivana, que tem como um dos integrantes o próprio Douglas Lora.

Links

Brasil Guitar Duo:www.brasilguitarduo.net

Discografia

Duo de Violões (2000, independente)

10 Anos de Violão Intercâmbio (2004, GTR)

Movimento Violão Ano III (2007, independente)

Bom Partido (CAG Records, 2007)

Castelnuovo-Tedesco: Music for Guitar I and II (2008, Naxos)